Blog

A melhor e maior festa e aniversário do mundo

17 de julho de 2015 at 12h49 / by

A dimensão de algumas festas de aniversário infantil de  atualmente assustam só a mim? Lembrancinhas que superam os presentes e chegam a deixar convidados embaraçados. Shows e apresentações  de 3, 8, 10 personagens diferentes. Orçamentos iguais aos de uma festa de casamento!

O objetivo principal da festa de aniversário deveria estar na diversão, na comemoração, em estar juntos e brincar com os amigos  e não na grandiosidade de uma mega festa que o adulto ACHA que para a criança será inesquecível.

Bill Dorothy, professor do curso de Ciência Social da Família da Universidade de Minnesota nos Estados Unidos, argumenta que as festas se tornaram fenômenos comerciais e tomaram escalas “fora do controle”. Isso por que ele vive lá.  Imagina se ele visse as festas daqui.

O professor desenvolveu um projeto chamado “Aniversários sem pressão”, encorajando pais a pensarem sobre novos formatos, rituais, presentes e celebrações alternativas.

Aqui em casa o ponto alto dos aniversário (e o momento mais esperado) é o café na cama que o aniversariante ganha no dia. Já virou um a tradição criada pelo pai e é simples assim. Não tenho dúvidas de que eles se lembrarão  disso para sempre.

Particularmente, me aflige muito o número de presentes que eles ganham. Acabo guardando e dando aos poucos. As vezes dura até o ano seguinte ou doamos. Ele não vão ser mais ou menos felizes por isso. Pelo contrário; esse exagero acaba tirando a graça, a expectativa e o verdadeiro valor de se comemorar junto com a família e os amigos. Os brinquedos são abertos e jogados de lado: próximo!

Não sou contra as festas, pelo contrário. Envolver a criança na organização, criação e realização da festa é algo que pode realmente criar valor e ser além de tudo muito divertido para todos. Outra coisa em que insisto com eles é sempre antes do aniversário fazerem uma “limpa” e separar os brinquedos que não são mais usados para doação. No começo é difícil mas com o tempo fica natural. Ajuda se a criança participar da doação e puder ver a outra criança recebendo.

Da uma olhada na iniciativa dessa escola primária de Londres; crianças entre 2 e 3 anos deram ideias para presentes “que o dinheiro não compra”. Algumas delas:

Escreva um poema

Faça um churrasco

Dê amor

Vá ao cinema

Dê um beijo

Faça uma música

Dê uma foto sua

Cante uma canção

Qual é a sua?

Tags

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment

 

— required *

— required *